Maratona literária de Inverno #MLI2016

Foi a maratona literária de inverno do ano passado e todo seu zunzunzum entre os booktubers que me fez querer criar um Canal no Youtube e  participar dessa bagunça cheia de gente inteligente e amante da literatura.

Porém nesse ano eu estou com bem menos tempo livre e, não só vai ficar difícil gravar vídeos, como também vou ter menos tempo para ler (ano passado eu li 8 livros, eu acho). Então para não ficar tristinha e de fora da brincadeira, resolvi participar da MLI aqui pelo blog e usar as semanas temáticas de uma forma diferente. Apresento-lhes :

mli2016UP

 

Semana 01:
Um livro encalhado. Livro de gente encalhada
E a personagem mais encalhada que conheço é a hilária Bridget Jones. Já vi todos os filmes, mas nunca li nenhum dos livros, então vou aproveitar que o novo filme está quase aí e os livros voltaram a aparecer nas promoções das livrarias e cantar muito ‘All by MYSELF… ‘ durante a semana.

tumblr_mosop88uh81r8v8kko1_500

Semana 02:
Believe the Hype: um livro que todo mundo está comentando. Um livro que ninguém fala, e que parece ser ruim.
Confesso, sou igual a criança que nunca comeu brócolis mas detesta, faz careta e ensaia vômito quando vê um prato dessas arvorezinhas verdes. EU ODEIO PAULO COELHO e nunca li nada do moço. Acho que tudo que ele escreve é ruim e não vale ser chamado de literatura, só porque ouvi muita gente culta dizer isso e eu finjo que sou inteligentona.
Vou ler o Alquimista e seja o que Deus quiser.

paulo-coelho-11

Nem Paulão Rabbit tá acreditando em mim.

 

Semana 03:
Outros mundos. Em que mundo vocês vivem?
Adoro a Colleen Hoover. Pago pau mesmo, acho que ela escreve muito bem e o texto flui, mas EM QUE MUNDO OS PERSONAGENS DELA VIVEM? Num mundo onde definitivamente não existem psicólogos, pois todos são severamente danificados e ninguém cogita se tratar. Muita análise pra vocês, meus queridos.
Lerei o lançamento “Talvez um dia” que tem umas 400 páginas mas que vão parecer ter 150, como todos os livros dela.

Semana 04:
Diversidade.
Não dá pra subverter o tema ‘diversidade’, né? Vou fazer o que? Ler um livro sobre casal hétero-branco-ocidental-classe média? Não né, já me bastam as primeiras 3 semanas para isso. Só vou fugir dos livros LGBT pra ser do contra (todo mundo escolhe essa temática) e ler ‘Persépolis’, que é uma graphic novel sobre uma menina de 10 anos e sua visão da revolução que levou o Irã ao regime xiita.

reponse

 

Então é isso. Let the games begin!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s