A Herdeira,4 livro da série A seleção

Tenho uma confissão a fazer: sou Ana Carolina, tenho 28 anos e adoro livro de princesas.

herdeiraSINOPSE:
Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia.

MINHA OPINIÃO:

Sei que a série ‘A seleção’, da autora Kiera Cass, não é voltada para minha faixa etária, mas tudo bem, eu não dou a mínima. rss Me apaixonei pela trilogia, por seus personagens fortes, pelas cenas de romance fofas, pelas cenas de ação com direito a mortos e feridos por conta das invasões dos rebeldes ao castelo e pelo mistério que envolvia o passado de Iléa, país surgido após a decadência dos Estados Unidos da América.

A questão social na série também traz interesse: a população foi dividida em 8 castas e cada uma tem seu papel social. Há um abismo na distribuição de renda e a mobilidade social é praticamente nula.
São temas interessantes que podem envolver leitores de todas as idades, por isso fiquei bastante feliz quando vi que o quarto livro da séria havia sido lançado.

Acho que autora acertou quando fez da protagonista, ‘a herdeira’, filha do casal Maxon e América, uma chata de galocha. Seus pais são personagens lindos, maduros, inteligentes e altruístas. Eadlyn, a jovem de 18 anos é tudo menos isso. Ela é egocêntrica e mimada e não vi nenhum leitor até agora cair de amores por ela. Ponto para Kiera Cass! Conseguiu surpreender com isso e agora a dinâmica da nova seleção (sim, agora é Eadlyn que terá 35 pretendentes a marido) se dará de forma bem diferente.
Não espere suspiros ou declarações de amor. Não espere uma princesa amada por seu povo. Não espere (infelizmente) muita coisa desse livro.

A trama se dá 95% dentro do castelo e não há mistérios a serem descobertos, batalhas entre guardas e rebeldes ou um triângulo amoroso. Em resumo, não há conflito no livro. A história é linear demais e só tem um final (finalzinho mesmo, tipo 20 ultimas páginas) com alguma emoção para te deixar ansiosa pelo próximo volume.

A escrita de Kiera Cass continua gostosa de ler e terminei o livro em menos de um dia (tudo bem, estava gripada e fiquei o dia inteiro de cama), mas no final achei tudo um tanto sem sal. Há bastante coisa a ser desenvolvida no próximo livro: novos rebeldes devem aparecer e um triângulo (talvez um quadrado) amoroso tem potencial também. Aguardaremos então, as cenas dos próximos capítulos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s